cute kawaii sailor moon freebie
Tem coisas na vida que simplesmente acontecem, né?
Desde que me entendo por gente, eu já gostava de decoração e já desenhava, por exemplo...
Ser criança viada é exatamente a mesma coisa: a gente já nasce toda purpurinada assim e não tem absolutamente nenhum poder de interferência sobre isso.

Eu me lembro: até houve momentos em que eu gostava, sim, de brincar de carrinho (se fosse carregando uma Barbie em cima, hahaha. Brinks), mas isso não mudou em nada o fato de que eu já tinha uma ~sensibilidade mais aflorada~ e que eu sempre me identifiquei com "coisas de menina" e eu me lembro muito bem que, na verdade, pra mim não fazia diferença, pois criança não tem esses padrões definidos, é claro!
Acontece que, por ignorância (que vem sendo eliminada dia após dia com muita conversa aberta e honesta), eu já fui vetado de fazer muita coisa que tinha vontade e me via obrigado a reprimir muitas vontades e tentava fazer escondido, quando dava...
Tô falando de ouvir e dançar Sandy e Junior ou Xuxa, por exemplo, ou de brincar com as bonecas da minha irmã...

E adiantou?
Claro que não, né, honey B!

Hoje, felizmente, vivemos em um mundo um pouco melhor que há 20 anos e, felizmente, muitas famílias já conseguem lidar de forma mais natural e humanizada com essas diferenças.

Eu poderia só escrever um textinho genérico falando que fiz um freebie de um desenho que eu adorava na infância para comemorar o dia das crianças, mas a verdade é que eu precisava deixar uma mensagem neste post: não vamos retroceder e fazer com as crianças de hoje o que faziam 20, 30 ou 50 anos atrás!

Todos nós, em algum momento da vida, vamos conviver com uma criança viada e a gente tem que pensar no seguinte: podemos ajudá-la a se tornar um adolescente e posteriormente um jovem bem resolvido ou sobrecarregá-la com traumas, o que influenciaria numa vida adulta problemática e cheia de inseguranças.

Se as crianças são nossa esperança de um futuro melhor, vamos ensiná-las sobre amor, ao invés de incitar ódio e preconceito.

Felizmente, eu vim nessa vida com um olhar otimista e não me deixei vencer pelos traumas de infância, e hoje tô aqui, falando de amor com vocês, mas nem todo mundo tem a mesma visão  nem a mesma sorte de ter pessoas de bem cruzando seu caminho.

Independente de gênero e qualquer outra coisa, toda criança deve ser respeitada, e é aproveitando essa oportunidade no dia de hoje que eu gostaria de fazer uma singela homenagem a todas as crianças viadas do presente e do futuro com um flashback de um dos meus desenhos favoritos da infância: Sailor Moon.

Hoje, já uma senhora viada, fica muito claro pra mim por que eu adorava assistir Sailor Moon. Me pergunte se eu me lembro algo da história e eu direi um sonoro não, mas eu lembro que adorava ver a parte da transformação delas no desenho, onde tinha uma mudança de looks... e aí nascia minha paixão pela moda, de um jeito meio distorcido, mas acho que foi bem aí mesmo, hahaha!

Se você tem menos de 25 anos, é possível que não se lembre ou nunca tenha ouvido falar, por isso eu coloquei a abertura do desenho aqui no post também:



Enfim... a intenção do post não é passar ~lição de moral~ nem nada do tipo, mas também não gosto de fazer as coisas apenas por fazer e também amo conversar com vocês sobre coisas nas quais acredito.
Se você também acredita que infância é sagrada e deve ser respeitada e se já conhecia Sailor Moon, então toma esse wallpaper fofíneo pra deixar seu celular mais amô:
cute kawaii sailor moon freebie
Foi feito com todo carinho por uma parte do Math criança viada que não fazia idéia que um dia teria tanta gente legal por perto falando de coisas boas e pra fazer o download, é só clicar aqui.

Apenas lembrando que os freebies disponibilizados no blog são apenas para uso pessoal e se você tem interesse em comercializar produtos com as minhas artes, entre em contato por email para conversarmos.

E se você quer ilustras em outros formatos, tem almofada, caneca, camiseta, poster, caderninhos e outras coisas nos meus estúdios na Touts (com 15% de desconto para os leitores do blog usando o código #BLOGDOMATH) e na Colab55.

Não esqueçam de compartilhar os freebies com as miga e de postar fotos com as ilustrinhas do amô lá no insta com a tag #ilustraMath. Eu adoro ver como elas estão ficando no mundo de vocês!

Bjs do Math e até a próxima!

Postar um comentário

Contact

Instagram

© Blog do Math
Design by The Basic Page