Dia dos namorados chegando é sinônimo de muita gente perdida sem saber o que fazer.
Digo por experiência própria: sempre fico cheio de dúvidas porque tenho vontade de fazer algo diferente dos anos anteriores e sempre parece que as boas idéias se esgotaram...

Eu já comentei aqui que não gosto da imposição mercadológica que transforma datas que deveriam ter apelo pessoal e emotivo em comércio...
Como driblar a situação? A resposta é simplicidade, migs!

No ano passado, ao invés de sair ou trocar presentes "genéricos", a gente resolveu fazer um jantar aqui em casa; o Sander cuidou do menu e eu fiquei responsável por preparar a casa (pode parecer que eu não fiz nada, mas deu muito trabalho, viu...).
Foi lindo e bem melhor que enfrentar filas imensas nos restaurantes bonitinhos, descolados e cheios da cidade.
Nada contra quem goste, lógico, mas esse é "meu jeitinho" e eu resolvi compartilhar algumas idéias pra quem tiver afim de experimentar algo mais calmo e intimista também.

CAFÉ DA MANHÃ NA CAMA


Existe coisa melhor que começar o dia com café da manhã na cama?
Até existe, né, mores... começar o dia com café da manhã na cama na Toscana ou em Paris...
Mas em casa também vale e é um jeitinho muito fofo de demonstrar carinho.
O lance é acordar um pouco mais cedo e preparar tudo com muito amô.

Priorize alimentos leves e saudáveis, insira frutas no "cardápio" e capriche na apresentação.
Não esqueça das flores (naturais, por favor. Não faz aloka de ki suco e me aparece com flor de plástico não, pelo amor de Daisy, rs) e de um cartãozinho com recado escrito à mão pra deixar tudo mais especial.



CINEMINHA EM CASA

Eu adoro ir ao cinema, mas adoro igualmente assistir filmes em casa, no meu sofá (sem enfrentar fila lenta pra comprar ingresso + fila ultra lenta pra comprar pipoca e sem gente passando na frente da tela na hora mais interessante do filme).

Prepare um kit de pipoca, chocolates e guaraná dolly em embalagens personalizadas -saquinhos e copinhos de festa listrados em branco e vermelho funcionam muito bem nesse caso- e pense em alternativas pra ter uma luz baixa durante o filme (varalzinho de led tipo pisca-pisca é uma excelente opção).

Pra brincadeira ficar ainda mais interessante, você pode fazer "ingressos" retrô com mensagens fofas como convite e pendurar cards/tags com recadinhos fofos pra decorar o ambiente.
Outra idéia legal é abrir mão do sofá e usar futons e almofadas pra deitar no tapete.
Mesmo com o ambiente mais escurinho, as flores são bem vindas e você pode montar um arranjo pequeno com flores vermelhas e brancas pra colocar na bandeja com as comidinhas, afinal, o charme está nos detalhes.
E o mais importante de tudo: escolha um bom título e bom filme!

PICNIC A DOIS


Picnic parece a sugestão mais óbvia, mas não poderia ficar de fora.
Minha sugestão é que tudo seja feito à dois desde o princípio, começando com a escolha do local (pode ser indoor também), passando pela escolha das comidinhas e finalizando com a montagem do "cenário", porque fazer juntos deixa tudo mais gostoso.

O grande segredo é relaxar e curtir, sem preocupação com horário ou qualquer outro fator...
O que levar?
Comidinhas fáceis com ingredientes que o casal goste.
Os outros itens básicos para um bom picnic eu já listei aqui no blog. É só fazer o checklist pra não esquecer nada e aproveitar o momento!
Ah, não esquece da música... Tem uma playlist especial pra picnic aqui no blog também.




JANTAR ROMÂNTICO

Nesse caso, sempre sobra pra parte do relacionamento que manda bem na cozinha.
Como eu tenho muita preguiça de cozinhar, quem cuida do menu aqui em casa é o Sander e eu sempre fico com a ambientação.
Minha sugestão pra decoração do ambiente: prepare uma mesa com flores frescas, velas, louça e toalha bonitas e uma playlist caprichada.
Outra coisa legal é não deixar a decoração concentrada apenas na mesa: pense num tema especial ou em uma cor e espalhe elementos por todo o ambiente -ter flor em mais de um ponto da casa, por exemplo, é uma excelente forma de deixar o clima mais envolvente.

That's all, folks!
Essas são as minhas sugestões e, logicamente, nem todas são possíveis para algumas pessoas, por morarem em casas separadas, por viverem com os pais, por namorar com alguém de outra cidade etc,  mas a idéia central do post é dizer que vale qualquer coisa se você estiver com a pessoa que você ama (e que dinheiro é o de menos): você pode, sim, ser feliz comemorando o dia dos namorados nas Ilhas Maldivas, numa cobertura em Dubai, em casa ou em qualquer lugar que tenha um valor afetivo pros dois. Simples assim.

E viva o amor, meu povo!

Tem alguma outra sugestão legal?
É só comentar na caixinha aqui em baixo. Eu vou adorar saber e outras pessoas também...

Bêjos e até a próxima!


Postar um comentário

Contact

Instagram

© BLOG DO MATH
Design by The Basic Page