Math

31 anos, artista visual de alma brasiliense, nascido no Piauí; criando conteúdo para a internet há 9 anos e ajudando pessoas a transformarem vivências em pequenas experiências e instantes de cor, brilho e amor.

@blogdomath

DICAS PARA FAZER CINEMA EM CASA + INDICAÇÕES DE FILMES

Arrasou! Bate aqui ✋ e vamos organizar melhor esse babado.
Hoje eu voltei com a indicação de filmes, conforme combinado -e como não me aguento, trouxe umas dicas pra você montar um ambiente no capricho em casa e transformar esse freebie em algo memorável ♡


Começando pelas dicas para montar uma sessão de cinema bem confortável em casa:

PLANEJAMENTO

Como tudo na vida, o melhor começo é organizando: defina uma hora para começar e, quando a hora chegar, esteja com tudo pronto, desligue o celular e aproveite -assim, você anula a tentação de mexer durante o celular e atrapalhar a concentração,

A ESCOLHA DO FILME

Essa parte vai depender de quantas pessoas estiverem com você; entre casal, a gente tem uma idéia do gênero que ambos gostam e vale escolher algo nesse sentido.
Em família (em particular com crianças e adolescentes), rola de fazer votação para escolher a exibição do dia -você pode usar os ingressos do freebie para isso, por exemplo- ou criar uma lista com um filme à escolha de cada integrante, assim, ninguém se frustra :)

AMBIENTAÇÃO

Quando vamos ao cinema, queremos conforto para ficar alguns minutos curtindo o filme, né?
Em casa, não é diferente: separe almofadas, cobertores e tapetes para criar uma base confortável.
Vale espalhar tudo pelo chão para assistir o filme deitado -eu acho uma delícia (inclusive, durmo, haha)...
Luz indireta ajuda a criar aquela atmosfera mágica e pode vir de um abajur, pisca-pisca ou fairylights  num cantinho.
Caso você more em casa e tenha a possibilidade de explorar o quintal, experimente usar cadeiras de praia, boias e projetar o filme em um lençol (acabei de fazer uma pesquisa rápida e vi que existem projetores com preço bem amigo no Mercado Livre), tudo bem Pinterest.

COMIDINHAS

Lembre-se de separar um cantinho para deixar pipoca extra, bebidas e guloseimas à disposição de todo mundo. Nosso freebie ajuda a deixar a noite mais especial personalizando pipoca e bebidas e você pode coordenar com utensílios coloridos de casa, como pratinhos e vasilhas de plástico do dia-a-dia pra deixar tudo mais personalizado.
P.s.: Uma base mais estável como uma bandeja de café da manhã pode ser muito útil para evitar que líquidos sejam derramados no sofá, por exemplo.



GRANDE BALÉ VERMELHO

Se você quer fazer uma viagem cheia de aventuras em lindas imagens (sem sair do lugar), Grande Balé Vermelho é a pedida perfeita pra você.
A trilha é maravilhosa, muito sensível e inspiradora -um dos meus álbuns favoritos da vida.
O documentário da DisneyNature mostra todas as etapas da vida de um flamingo desde o nascimento de forma poética e nos traz reflexões sobre o que estamos fazendo com a natureza.


Onde assistir:
Disponível para aluguel por apenas R$5,90 no youtube nesse link aqui


COMO O CÉREBRO CRIA

Ótimo para quem tem interesse em entender mais sobre criatividade.
Dinâmico, o documentário é resultado de vinte anos (eu disse VINTE) de pesquisa do neurocientista David Eagleman e mostra como a criatividade flui em diversos segmentos da sociedade (ciência, tecnologia, música, matemática etc), exemplificando sempre com cases reais.
Fiz um post explicando mais sobre o documentário aqui e recomendo muito fortemente que você coloque no topo da sua lista pois: ma-ra-vi-lho-so


THE ELEPHANT QUEEN

Na mesma vibe do documentário dos flamingos, este, produzido pela Apple TV+ mostra a vida dos elefantes.
No padrão de qualidade que se espera de tudo que provém da Apple, o filme tem imagens lindas, com captura e resolução impecáveis.
Tô bem insistente em mostrar natureza aqui porque este é, sem dúvidas, um bom momento para repensarmos nossa relação com o planeta, além de que esse tipo de filme costuma me trazer muita calma e inspiração, quer seja pelas imagens e curiosidades, quer seja pela trilha...

Onde assistir: Apple TV+


GRANDE HOTEL BUDAPESTE

Não é segredo pra ninguém que eu sou muito apaixonado pelo trabalho do Wes Anderson e apesar de já ter feito até uma festa de aniversário do blog inspirado no Grande Hotel Budapeste, nunca indiquei oficialmente o filme nas minhas listas por aqui.

O filme é um colírio para os olhos, com a estética sempre impecável de Wes?
Sim, mas também é bem mais que isso: acho o filme rico, curioso e cheio de nuances que se complementam e entrelaçam em cada ato e cada cantinho do Hotel.
Dica: assista sem esperar um clichê açucarado.
Ao assistir pela primeira vez, me deixei levar pelas milhares de imagens em rosa pastel e azul que vi pelo Pinterest e me surpreendi quando descobri que o filme era muito mais profundo e intenso.
Quanto mais atent@ aos detalhes você estiver, mais incrível e rica a história se torna.


Onde assistir: disponível para aluguel por R$11,90 aqui


AQUI ESTAMOS NÓS

Aos poucos, a Apple TV tá chegando e marcando seu espaço, entregando qualidade ao invés de quantidade (o conteúdo próprio da plataforma ainda é bem limitado).
Aqui Estamos Nós se encaixa exatamente nesse grupo de obras com qualidade singular: uma animação com uma narrativa envolvente e uma riqueza absurda na construção estética e na forma como a trilha embala toda a história.


Onde Assistir: Apple TV+


O CONTO DA PRINCESA KAGUYA

Eu poderia tecer muitos comentários sobre O Conto da Princesa Kaguya aqui, mas o objetivo desse post é indicar filmes que possam nos trazer leveza, nos inspirar e acho que essa é a melhor definição para esta obra do Studio Ghibli.
A delicadeza em cada frame é impressionante. Basta alguns segundos pra você se apaixonar. Sem mais.
Olha o trailer aqui, rapidão:


Onde assistir: Netflix


ILHA DOS CACHORROS

Mais um filme do Wes Anderson.
Talvez, o menos açucarado na estética, mas provavelmente um dos que mais me cativou por motivos de: amo catioros.

Só pra deixar claro, apesar de não ter um visual tão fofo, o filme traz a assinatura inconfundível de Wes a todo tempo e acho que é um bom exercício observar como podemos aplicar nosso "traço" em diferentes projetos sem perder a autenticidade.
Fica a dica.

Onde assistor: Net Now

CRUSH À ALTURA

Bem sessão da tarde, assisti Crush à Altura de forma muito despretenciosa e acabei curtindo como curtiria ver um filme qualquer, sem grandes expectativas.
A história da menina super alta que precisa aprender a lidar com o bullying e encontrar formas de se aceitar e gostar de si mesmo vai gerar identificação com praticamente qualquer pessoa que possa assistir ao filme.
P.s.: eu amo que Genetics, da Meghan Trainor, faz parte da trilha ❣

Onde assistir: Netlix


PADDINGTON (I e II)

Esse é pra garantir a diversão em família: Paddington é um urso peruano muito fofo que sonha viver em Londres -e realiza seu sonho em meio a muita confusão (e com um figurino muito fofo, meu pai!).
O primeiro filme contextualiza, apresenta os personagens e o segundo traz a evolução da narrativa com uma estética mais aprimorada, como se pode ver no trailer aqui em baixo:

Onde assistir: I no Net Now e II na Netflix


JARDIM SECRETO

Jardim Secreto é uma adaptação para o cinema de um conto de fadas sobre a história de Mary Lenox, uma criança que, após ficar órfã de pai e mãe, é enviada para viver com seu tio em uma mansão cheia de mistérios e segredos, entre eles, o tal jardim que dá nome ao filme.
O filme está entre as minhas principais inspirações há anos e anos e você pode conferir o trailer aqui em baixo:

Onde assistir: Netflix

BENJI

Mais um (com cachorro) pra assistir em família: Benji nos apresenta um casal de irmãos que se sentem sempre muito sozinhos devido ao ritmo de trabalho intenso da mãe (alguém se identifica?) até o dia em que encontram um vira-latas cativante na rua, se apegam imediatamente  ele, o levam pra casa e, daí por diante, tudo muda.
É provável que você já tenha visto na sessão da tarde em algum momento da vida a versão de 1974 (eita!). A novidade é que ela ganhou uma nova roupagem no remake feito pela Netflix:

Onde assistir: Netflix


NOTAS DE REBELDIA

Elijah é um jovem com dois empregos -vendedor em uma loja de vinhos e cozinheiro na churrascaria de seu pai. É daí que surge a guerra culinária e social que o filme aborda: enquanto o pai quer que ele dê continuidade aos trabalhos no restaurante da família, Elijah sonha em se tornar um grande sommelier de vinhos.
Com uma abordagem bem madura, atuações maravilhosas e humor na medida certa, o filme mostra o conflito enfrentado por muitos de nós entre seguirmos nossos próprios sonhos ou nos adaptarmos e cedermos às expectativas externas.

Onde assistir: Netflix


O PEQUENO PRÍNCIPE

A adaptação de 2015 do clássico para o cinema introduz a história do Pequeno Príncipe para o telespectador através da descoberta do conto por uma menina que acaba de se mudar com sua mãe -uma pessoa controladora que tem planos traçados para o futuro da garota- para a casa ao lado de onde vive um senhor excêntrico, que apresenta  através de um livro este encantador universo particular que cativou gerações no mundo inteiro.
Animação linda de viver!


Onde assistir: Netflix


MEU NOME É RAY

Em Meu Nome é Ray, Elle Fanning dá vida a Ramona, que aos 16 anos se descobre menino e, em meio à todas as questões relacionadas ao processo de transição de gênero, lida também com os conflitos gerados pela avó, uma mulher homossexual que não compreende a mudança do neto.


Onde assistir: Netflix

Lembrando que tem uma lista com outros filmes legais para entender melhor o universo LGBTQ+ nesse post aqui.

Por hoje é isso...
Espero que as dicas sejam úteis :)

Tô preparando indicações de séries também e volto aqui pra compartilhar em breve.

Bjs do Math e até a próxima!

Comentários