Nossa Senhora dos posts atrasados, dá uma forcinha aqui, kirida, porque não está sendo fácil...

Tirei as últimas semanas pra descansar um pouco o corpo e a mente da rotina intensa de trabalho dos últimos meses, por isso esse post só está entrando no ar hoje (apesar de que as imagens editadas já estavam no servidor do blog há muito tempo); mas eu não poderia deixar de compartilhar esse momento com vocês porque foi lindo, foi amô e queria que pessoas de outros estados -ou mesmo de Brasília- que não puderam comparecer tivessem uma ideia de como foi o evento.

Fui convidado pelo Limonada Project (obrigado, Gra e Diogo) a participar do novo evento organizado pela produtora cultural junto ao Brasília Shopping -o Brasília Doce- como expositor, levando os produtos da minha lojinha online e como palestrante, montando uma oficina que tivesse um link com o universo de festas e doces.



Na minha barraquinha tinha um pouco do que se encontra no meu studio na Colab 55 e na minha página na Touts: pôsteres, postais e flâmulas com ilustras minhas, que podem ser usados tanto na decoração de casa quanto na decoração de festas, como parte integrante da papelaria.

Além disso, levei algumas coisas do meu acervo pessoal: tinha até flamingos à venda! <3





Quem já conhece os eventos organizados pelo Limonada Project sabe das barraquinhas lindas usadas como stand: são barracas típicas de feirinhas italianas das antigas -que eu amo de paixão.
Foi minha segunda vez participando de um evento do Limonada (ano passado teve barraquinha da TeaShirts, lembra?) e apesar da correria e da falta de tempo que tive para a produção dos itens e para pensar na decoração da barraca dessa vez, adorei participar do Brasília Doce também como expositor.





Apesar da dificuldade de participar de um evento assim estando em dois lugares desempenhando duas funções diferentes ao mesmo tempo, foi simplesmente lindo participar do Brasília Doce porque recebi visitas de seguidoras lindas que foram lá pra gente se conhecer pessoalmente e pra gente bater papo e trocar figurinhas. Não vou citar nomes pra não correr o risco de esquecer alguém, mas agradeço do fundo do coração o apoio carinhoso de cada uma de vocês que passaram por lá pra me dar um beijo!

Vocês foram incríveis e fizeram esse dia ganhar um destaque no meu calendário da vida. Serião.
Obrigado!



A OFICINA


E como faz quando a gente tem que dar conta de estar em dois lugares ao mesmo tempo? Chama namorado que tá de férias pra ajudar!
Sander foi super companheiro e esteve ao meu lado o tempo inteiro ajudando no corre atrás do material pro evento e ainda ficou no meu lugar na barraquinha recebendo o pessoal enquanto eu estava do outro lado do evento, na oficina.
Tô comentando isso porque não poderia deixar de agradecê-lo por ser o melhor namorado do mundo 24h por dia 7 dias por semana...



Eu recebi um convite em aberto para levar qualquer idéia criativa para o evento e daí surgiu o formato da oficina: um conjunto de projetos DIY de baixo custo e fácil execução que pudessem dar um up nas festinhas de quem curte fazer pequenos eventos em casa para receber os amigos.



O tema da decoração usado na oficina foi o mesmo que levei para a palestra sobre Chalkboard em Salvador: sorvetinhos, baseado na série de ilustras que vai entrar na lojinha nas próximas semanas.

Além dos projetinhos DIY com papel e tesoura, no final da oficina rolaram umas dicas sobre montagem de mesa usando coisas simples, que todo mundo tem em casa.



Na verdade, essa idéia já existia na minha cabeça em um formato para a web: eu já tinha pensado em fazer a mesma coisa para o canal do blog no Youtube; e pra quem pediu no insta, vai ter vídeo sim!
Vai ser uma pequena série de vídeos de DIY, num formato bem parecido com o que rolou na oficina...
Ainda não gravei porque estava descansando, mas já está tudo no ponto e vai rolar.




Muita gente tem me pedido para fazer algo parecido em outros estados e eu queria dizer que tenho todo interesse do mundo, principalmente porque eu adoro a interação que rola em eventos como esse; mas depende de ter local disponível e alguns outros fatores.
Todavia, é provável que ainda em novembro tenha um workshop comigo em outra cidade que amo de paixão; estamos fechando os últimos detalhes e assim que tiver confirmação, aviso por aqui e pelas redes sociais. Vou adorar ver as miga carioca de perto (ops, acho que falei demais... rs).

Aqui em Brasília é um pouco mais simples conseguir fechar acordos para eventos e já estou estabelecendo as devidas conexões para viabilizar as próximas oficinas e workshops.

Aproveitando o gancho, queria muito um segundo meeting antes do ano acabar, o que vocês acham? Quem tiver sugestão pode entrar em contato que eu vou adorar. Fala que eu te escuto!




Vocês lacraram e fizeram da oficina um sucesso: preenchemos todas as vagas disponíveis e ainda teve gente assistindo de pé! <3

E como  esse post é sobre agradecimento, não poderia terminar de forma diferente: preciso agradecer a equipe linda do Limonada Project pelas ideias sempre vanguardistas e doces que trazem mais cultura e proporcionam interação humana à nossa cidade, ao Brasília Shopping que viabilizou um evento tão doce, a todas vocês que saíram de casa em pleno sábado para participarem da oficina e a todas as pessoas que compraram na barraquinha, me ajudando a realizar o sonho da Chanel própria. Ahahaha.
Me desculpem se estiver repetitivo, mas meu coração tá realmente muito grato e eu preciso externalizar isso.



Foi lindo, gente.
Muito obrigado!

Bjs do Math e até a próxima...

P.s.: pra quem quiser ver mais fotos do evento, é só pesquisar a tag #brasiliadoce no instagram.

Postar um comentário

Contact

Instagram

© Blog do Math
Design by The Basic Page