decoração com objetos fofos parede rosa blog do math
"Era uma vez uma parede cheia de moldurinhas que me fez muito feliz e inspirou muita gente por aí..."

Não vou mentir, não foi das coisas mais fáceis desapegar de uma estética que acabou me apresentando pra tanta gente, sabe.
Quando eu era criança, eu sonhava com as casas das revistas de decoração e me perguntava se algum dia eu teria uma casa bonita como as que eu ficava olhando naquelas páginas e, quando percebi que eu também estava inspirando algumas pessoas a descobrirem seu próprio gosto e estilo na decoração, foi extremamente prazeroso, pois eu já não me sinto tão sozinho e louco por gostar de coisas diferentonas, sabendo que vári@s de vocês do outro lado da tela também estão em busca de coisas novas o tempo todo.

O fato é que eu mudei muito (eu mudo o tempo inteiro, aliás... coisa de taurino fogo no c*) e já não vinha me identificando com uma decoração tão kitsch há pelo menos 1 ano e meio e, na tentativa de evitar a fadiga, eu tentava fazer mudanças menores, sutis, mas continuava insatisfeito, até que me toquei que finalmente havia chegado o momento de dizer tchau a toda uma fase, uma estética.
Fim da história.

Eu estou repaginando vários cantinhos por aqui e vou apresentar os resultados para vocês nas próximas semanas, começando pela parede onde as moldurinhas cederam espaço ao meu novo xodó: minha estante de casinha.

No vídeo aqui em baixo, eu mostro um pouquinho do processo, ó:


E como não deu pra ver tudo exatamente como ficou no vídeo, tem fotos aqui em baixo mostrando melhor os detalhes:
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha
Inicialmente, a ideia era usar essa estante (de pinus) para guardar algumas coisas que estavam sem espaço e amenizar um pouco a bagunça, mas aí vai uma dica preciosa: quer um móvel para guardar coisas, otimizar espaço? Procure por algo com portas e gavetas; prateleiras abertas acabam obrigando a gente a pensar mais em estética, afinal, não dá para apenas entulhar os espaços com tudo o que está solto no meio da casa, né...
De qualquer forma, como eu tinha muita coisa solta e sem lugar para guardar, as prateleiras da casinha acabaram ajudando bastante e acomodando algumas coisas maiores, como meus discos de vinil e meus globos de espelho.
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha

E como eu tava querendo uma estética um pouco mais clean, suave, o ideal seria deixar até mais espaços livres nas prateleiras, com mais respiros, mas eu acabei optando por deixar nela apenas objetos mais simples, sem muitos ornamentos, cores ou estampas, para não ficar com um visual "pesado".
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha
E quando a gente não tem espaço, como faz?
Quem já leu os outros posts com dicas de decor aqui no blog, sabe: aqui não existe regrinha de "tal coisa em tal lugar". Objetos que tradicionalmente seriam guardados na cozinha podem, perfeitamente, ocupar outro canto na casa, como os meus copos americanos com decalque (esses com cara de boteco, só que repaginados e mais fofinhos, lá da Corporação de Ofícios), que eu deixei em uma bandeja rosa moderninha em uma das prateleiras da estante, assim, o espaço (já muito) reduzido da cozinha pode ser usado para coisas funcionais e não apenas estéticas.
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha

apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha
Outro truque já bem famoso e que eu uso bastante por morar num apartamento muito pequeno é o dos móveis "multifuncionais". Na foto acima, eu usei um banquinho como móvel de apoio ao lado da estante para colocar um nicho em formato de TV, mas ele também já serviu de criado mudo e base para mesa.
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha
Dica preciosa de styling para não deixar suas prateleiras com uma aparência muito "tumultuada": menos é mais (mesmo!).
Evite colocar muitos objetos num mesmo espaço, principalmente os muito pequenos (tipo miniatura). Geralmente, quando a gente coloca muita coisa pequenininha num mesmo compartimento/nicho/prateleira, o aspecto de bagunça é instantâneo.
Outra coisa importante é não colocar muitas "camadas" de coisas: o ideal é que tudo esteja acessível e de fácil acesso sem fazer muito esforço. Se você colocar coisas nos fundos da prateleira e várias coisas menores na frente, já perde em funcionalidade e, provavelmente, em estética também.
É melhor que sobre espaços vazios do que ter coisas caindo a qualquer momento ou uma confusão visual de dar nervoso, rs.
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha
Quem lembra dessa casinha de pinus do especial de natal do blog?
Lembram que eu disse que elas poderiam ser usadas a qualquer momento do ano?
Pois bem, a minha tem servido como painel para montar meus moodboards.
Quando eu fiz essa foto, tinha acabado de colocar as coisas no lugar e o moodboard tava sendo construido no computador ainda, mas eu sempre posto fotos disso lá no insta pra vocês terem uma idéia do processo de pesquisa por trás do que aparece aqui no blog...
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha discoball
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha discoball
E aí que a parede que não tinha uma função específica além de estética deu espaço a algo mais "usável" e eu tô bem feliz com o resultado! ;)
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha
Pra quem não lembra de como era antes:
Não tinha nada além de molduras e uma bike dobrável que ficava guardada ali, quase estorvando, rs.
Agora, uma estante fofa para guardar uma parte dos meus objetos usados nas produções do blog 💖
Eu imagino que muita gente ainda prefira o antes, mas meu cérebro processa tudo de uma forma assustadoramente rápida e eu sinto que realmente já passei dessa fase e precisava de novos ares e de funcionalidade, o que não significa que eu tenha deixado de gostar de kitsch, que acho kitsch uma coisa ruim agora ou que eu seja uma pessoa desesperada em busca de tendências.
Pra mim, significa apenas que eu gosto de experimentar e sou movido pelo novo.
Até porque, se vocês olharem bem, vão notar que, no fundo, a essência dessa brincadeira continua lá... só mudou de cara e forma.
apartamento pequeno parede rosa estante fofa casinha
Como eu já disse, tô bem feliz com o resultado mas também queria saber o que vocês acharam, hehe.
Me conta aí o que você curtiu nesse novo cantinho e não esquece de compartilhar com azamiga que também adoram decor de Barbiezinha! ;)

Bjs do Math e até a próxima!

Postar um comentário

Contact

Instagram

© BLOG DO MATH
Design by The Basic Page