Pois é, eis que estou aqui escrevendo em um blog pela primeira vez! Sabe aquelas coisas que você até tem vontade de fazer, mas vai protelando, enrolando e nunca faz? Assim fui eu em relação a escrever em um blog. Sempre quis escrever sobre viagens, porque adoro viajar. Costumo dizer que sou um viajante genético! A paixão por viagens está no meu sangue, no meu DNA. Mas, apesar de gostar muito de escrever e de viajar, eu precisava de um motivador pra escrever em um blog. Afinal, sempre me pergunto: pra que escrever sobre algo? Só faz sentido escrever se existe alguém que vai ler, e eu não sabia se alguém iria querer ler o que eu queria escrever. Na verdade, acho que eu precisava mesmo era de uma proposta, de uma iniciativa.

E não é que essa proposta veio? Outro dia, despretensiosamente, meu amado blogueiro me lançou a ideia: por que não manter uma coluna de viagens no “To be Stylish”? Pensei: É, por que não? Mas, por outro lado, por que sim? Por que escrever sobre viagens em um blog majoritariamente voltado pra moda e design? E foi pensando nisso que fiquei quebrando a cabeça nas últimas semanas. E só consegui chegar a um consenso quando me concentrei no nome e na proposta do blog, E daí concluí que “viajar também é To be Stylish”. Afinal, ser um viajante também é adotar um estilo de vida, ter preferências, fazer escolhas, observar tendências, definir prioridades... Enfim, viajar faz parte da elegância da vida.


Então foi assim que topei o desafio de escrever a coluna TRIP. Aqui, pretendo postar meus relatos de viagem, meus destinos prediletos (os que já fui e os que ainda pretendo ir), compartilhar ideias, dicas e micos de viagem, apresentar curiosidades de diferentes lugares deste nosso planeta, entre outros temas relacionados ao encantador processo de desvendar o mundo por meio de viagens. Sendo assim, faço-lhes o convite para acompanhar as postagens, fazer comentários, apresentar críticas e dar sugestões. Esse convite é extensivo a todos que se interessam um pouco por viagens, aos que têm alguma curiosidade no assunto, aos apaixonados e aos que, assim como eu, defendem a tese de que, se a Terra é nossa casa, então devemos fazer de tudo pra conhecer o maior número de cômodos possível! Topam embarcar nessa ideia?

Um comentário

Contact

Instagram

© BLOG DO MATH
Design by The Basic Page