blog do math garden breakfast caneca antix

Bora combater o mal humor de segunda feira falando de coisa boa?

Uma das características que acho mais fantásticas no design é que ele tem o poder de mudar nossa percepção sobre as coisas, criar encantamento... foi isso que aconteceu comigo dias atrás: minhas últimas semanas foram tão tensas (ser adulto é meio estranho, né? Coisas que antes não tinham tanto impacto na vida da gente começam a ser o eixo central e sobrecarregam a gente de uma forma difícil de lidar as vezes...) que eu já estava desejando que 2016 acabasse logo; e no meio de tanto stress, recebi uma caixinha lá da Baêa que conseguiu me trazer inspiração novamente.

Dentro da caixinha estavam minhas canecas de ágata da Antix que a minha amiga Ritielle -a blogueira mais fofa e estilosa de toda a Bahia- conseguiu pra mim. Isso porque as canequinhas foram feitas em edição limitadíssima e quando eu fui comprar a minha no site -minutos depois de elas entrarem na loja online- o estoque já estava zerado. Mas aí a Riti conseguiu -de forma legal, tá? kkkkk- um par pra mim (obrigado de novo, Riti!).

No meio de um turbilhão de problemas, abrir a caixinha e ver dois objetos tão delicados fez meus olhos brilharem. O que para algumas pessoas pode ser a coisa mais supérflua do mundo, para mim foi uma forma de oxigenar nos pensamentos: não se trata apenas do objeto em si, mas de toda a áurea de delicadeza que o envolve e consegue fazer a gente viajar e esquecer dos problemas por alguns instantes.

Antes que vocês achem que isso é um publi: não, não é!
Acontece que eu tô realmente muito apaixonado pelas canequinhas que me trouxeram de volta a vontade de montar uma mesa linda em baixo de uma árvore para sentar e esquecer do mundo...
Ontem eu acordei bem inspirado e chamei o Sander pra tomar café da manhã no Parque da Cidade, o principal parque aqui de Brasília, que fica aqui do ladinho da nossa casa (praticamente nosso quintal, rs), mas a gente nunca vai. Ele topou, eu coloquei umas coisas na cestinha e fomos.

O resto da história você vê aqui em baixo:
blog do math garden breakfast caneca antix
Eu usei as mesinhas do próprio parque, que são de concreto. Mas quero comprar uma dobrável pra eu levar para onde eu quiser... :)
blog do math garden breakfast caneca antix
blog do math garden breakfast caneca antix
Escolhi flores do campo porque são as mais fáceis de "combinar" na hora de montar o arranjo. E peguei essas de cores bem vibrantes pra deixar a manhã mais alegre ainda.
blog do math garden breakfast caneca antix
Não sei você, mas eu tenho vontade de beijar essa caneca na boca. ALOKA! <3 Muita paixão, viado...
blog do math garden breakfast caneca antix

blog do math garden breakfast caneca antix
E essas mini mexericas? Sander disse que o verdinho das folhas estava estragando a estética da mesa, rs, mas eu achei super charmosinho ver elas assim no mercado. Parece que a gente acabou de colher no quintal...
blog do math garden breakfast caneca antix
blog do math garden breakfast caneca antix
blog do math garden breakfast caneca antix
A outra canequinha... difícil escolher qual a minha favorita.
blog do math garden breakfast caneca antix
blog do math garden breakfast caneca antix
E o descanso para copos de crochê foi presentinho da Yas Hassegawa, feito pela mamãe dela (que super combinou com esse clima meio "café na varanda no campo"). Obrigado Yas e tia Beth (aqls bem íntimas) pelo mimo fofíssimo. Amei fortemente.
blog do math garden breakfast caneca antix
blog do math garden breakfast caneca antix
blog do math garden breakfast caneca antix
blog do math garden breakfast caneca antix
Geléia no coelhinho comprado em Buenos Aires... <3
Aliás, #ficadica: se quer que sua mesa ao ar livre fique bem fofa e com cara de ryka, tire as comidinhas das embalagens originais (foi o que eu fiz com a geléia, as torradas e os cookies) e coloque em pratinhos, copinhos e bowls.
As embalagens poluem o visual e deixam o visual meio "desleixado"...
Dá um trabalhinho embalar e levar um monte de pratinhos e afins, mas vale a pena ver tudo montadinho e mais bonitinho assim! ;)
blog do math garden breakfast caneca antix
Pense num cachorro feliz. Correu tanto que tá dormindo de ontem até agora, ahahaha. Só levantou pra beber água e comer.
blog do math garden breakfast caneca antix
blog do math garden breakfast caneca antix
Imagina quem voltou do parque com as patinhas imundas e vai ter que tomar banho...
blog do math garden breakfast caneca antix
blog do math garden breakfast caneca antix
blog do math garden breakfast caneca antix
blog do math garden breakfast caneca antix
blog do math garden breakfast caneca antix
Eu sei que eu já falei milhões de vezes, mas não custa repetir: PLMDDS, não me faz aloka de ir curtir a natureza levando flor de plástico, hein...
Flores naturais são sempre um presente, mesmo que seja para a gente mesmo.
blog do math garden breakfast caneca antix
blog do math garden breakfast caneca antix
blog do math garden breakfast caneca antix
Já pode replay? Rs.

Eu fico muito feliz quando encontro algumas seguidoras lindas na rua que vem falar comigo ou mesmo quando vocês me mandam mensagens dizendo que adoram as fotos e as composições que faço.
É tudo feito com muito carinho sempre, porque eu realmente acredito nos detalhes e em quanto eles podem mudar nosso dia, nosso astral e nosso humor.
Isso aconteceu comigo ontem: eu tive um domingo incrível e estou compartilhando esse momento esperando poder contribuir para que você tenha uma semana maravilhosa e cheia de cor e inspiração.

Mas acima de qualquer coisa, eu acredito que coisas boas não podem ficar guardadas só pra gente: elas tem que ser espalhadas por aí. Se você também pensa assim, vamos fazer uma corrente de boas energias agora? Compartilha esse post com uma pessoa que você gosta muito e já usa a oportunidade para convidá-la para um café da manhã bem especial ao ar livre também. Garanto que vai ser só amor!

Bjs do Math e boa semana!

Postar um comentário

Contact

Instagram

© Blog do Math
Design by The Basic Page