Math

31 anos, artista visual de alma brasiliense, nascido no Piauí; criando conteúdo para a internet há 9 anos e ajudando pessoas a transformarem vivências em pequenas experiências e instantes de cor, brilho e amor.

@blogdomath

FESTA FANTASIA (FADAS E UNICORNIOS) - MAMA E BIBI


No comecinho desse ano, no meio de um projeto de uma festa, eu e a cliente conversávamos sobre o que era realmente prioridade e o que poderia ser considerado superficial, até que chegamos a um ponto: numa festa, tudo pode ser considerado supérfluo, já que (analisando de forma grosseira), pode-se olhar e julgar como dinheiro dinheiro sendo gasto em coisas que serão usadas por poucas horas.
Mas também pode-se enxergar por um outro ângulo, que é compatível com a forma a qual eu enxergo meu trabalho: essa outra perspectiva aponta que vale a pena, sim, focar em qualidade na produção de uma festa se considerarmos que, em alguns anos, nenhum dinheiro no mundo poderá pagar o valor das memórias que foram construídas em torno daquele momento.

E quando eu falo de construção de memórias, estou falando de projetos em que a família participa, co-criando e se envolvendo no máximo de etapas possíveis, das mais chatas até o momento mais delicioso, com todos os amigos e familiares juntos celebrando a vida...

Alguns meses depois, aqui estamos e acho que, mais do que nunca, esse raciocínio faz sentido: a gente não fazia idéia do que estava por vir, do que uma pandemia poderia nos tirar e de como o mundo ficaria caótico...
Por todo esse contexto que tem deixado tudo ainda mais intenso, eu tenho certeza que essa festa vai ser lembrada sempre como um projeto lindo, por mim e pela família...

No finalzinho do ano passado, a Karine me chamou para fazer a festa da Mama e da Bibi, duas meninas cheias de energia e apaixonadas por histórias lúdicas...
A gente começou esse papo com algumas possibilidades de temas e, quando a decisão foi por unicórnios e fadas, confesso que fiquei um pouco aflito pelo fato de ser um tema extremamente saturado.

Acontece que eu ainda não tinha visto nenhuma festa que representasse os unicórnios de uma forma mais pura, ligada à origem da história dessas criaturas mágicas, que acabou se tornando meu ponto de partida para a criação.

Como sempre, antes de qualquer coisa, eu queria entregar um projeto que fosse único, esteticamente coeso e capaz de deixar as aniversariantes e toda a família felizes.
Comecei então a estudar um pouco sobre esse universo para entender como poderíamos dar vida a um projeto que tivesse tanta personalidade quanto as aniversariantes.

decoração festa infantil unicornio e fadas simples e barata pinterest  - unicorn and fairy minimal clean modern party -  festa colorida moderna minimalista blog do math 2020

Das coisas que descobri sobre a história e o significado dos unicórnios durante a pesquisa, algumas informações são bem peculiares, entre elas, um babado que justifica o fato de que as pessoas não acreditam em unicórnios porque pessoas comuns não podem vê-los; como criaturas extremamente puras que são, eles só aparecem para outras tão puras quanto eles, no caso, as virgens (surpreso que eu ainda não tenha visto nenhum por aí. Aloka) 🤣

E o que criaturas tão puras comem?
Algo tão puro quanto elas mesmas: os unicórnios se alimentam de nuvens (desde que não sejam de regiões de grandes megalópoles cheias de poluição, né?).
Achei muito fofa essa história da dieta dos unicórnios e as nuvens automaticamente se tornaram parte do conceito da decoração também, tanto pela leveza quanto pela forma, que a gente explorou em diferentes aspectos, entre eles, colocando uma barraquinha de algodão doce na festa.

Até aqui, eu tinha algumas coisas para costurar dentro da narrativa: o branco, representando a idéia da pureza em sua essência e as nuvens, também representando pureza e leveza.
A partir disso, eu imaginei uma festa com base majoritariamente branca onde as coisas flutuam, com espaço para pontos de cores (as cores da cartela).

Outra curiosidade: que existe uma constelação chamada Monoceros que tem a forma de um unicórnio.
Usei essa informação como recorte para trazer estrelas e brilho para a festa em vários detalhes, inclusive na toalha da mesa infantil.
A referência ao brilho acabou inspirando a escolha de uma das atividades da festa: oficina de pó de fada.

Na festa de princesas que fiz no ano passado (ainda não postei aqui), a oficina de acessórios foi um sucesso tão grande (crianças e adultos movimentaram o cantinho das miçangas do começo ao fim da festa) que a mãe das meninas quis inserir algo parecido na festa e eu lembrei que já tinha visto em algum cantinho na internet algo relacionado a "fairy dust"...
Mas o que seria o tal "fairy dust"?
Nos tutoriais gringos, o pó de fada -aquele rastro brilhante que elas deixam por onde passam batendo as asas- nada mais é do que glitter ✨✨✨.
Para a oficina, a idéia era que os convidados fizessem seu próprio colar com o pó de fada encapsulado em pequenos vidrinhos (como dá pra ver as meninas fazendo na foto acima), com diversas possibilidades de combinações de cores e materiais...

Em um dos momentos de interação e bate-papo com as aniversariantes, eu percebi que elas se amarraram na ideia e a gente providenciou a oficina com diversos tipos de brilho para as pessoas colocarem nos seus potinhos (estrelinhas, glitter, brocal etc) junto com cordões e miçangas de formas e cores variadas, se tornando uma atividade divertida para a festa e também parte da lembrancinha.

Mais uma vez, foi sucesso absoluto!
Pro photo booth, eu imaginei um espaço que permitisse fotos que contassem uma historinha por si só, de forma leve, como todo o restante da festa.
Criei então um céu cor de rosa (rosa é a cor da cartela que representa gentileza e ausência de todo mal, características dos unicórnios) com nuvens de balão flutuantes.
Isso por si só já era uma ideia linda, mas eu queria mais e resolvi colocar um trampolim para as crianças tirarem fotos saltando, reforçando a ideia de leveza nas fotos, passando a sensação de que elas estariam voando entre as nuvens (por isso, as asas de fada nos looks das aniversariantes 🧚🧚).
Minha assessoria para festas inclui consultoria na escolha dos looks... isso porque eu já fiz festas com uma proposta mais minimalista e os pais e a criança aniversariante estavam com roupas totalmente diferentes da proposta, que destoavam bastante nos registros. Para algumas pessoas, isso não é tão relevante, mas para quem quer uma experiência mais completa, faz a diferença.
É aquele toque de delicadeza, ajuste fino, sabe...

Para os looks da Mama e da Bibi, a gente escolheu cores suaves como base com alguns pontinhos de neon + brilho, tecidos leves e acessórios temáticos, tudo bem discreto e confortável, pra não atrapalhar as meninas de se divertirem e aproveitarem ao máximo a festa.

pink sky balloon clouds photo booth
pink sky balloon clouds photo booth kids party
Sério: eu amo o resultado desse photo booth.
Tá leve, tá festivo e tá a cara das aniversariantes... a interação ficou 10/10
Agora, partindo para a mesa do bolo: a festa foi feita no Cerrado Kids, um espaço para festas aqui em Brasília onde geralmente as pessoas usam um mesmo canto para esse fim...
Chegando lá, vi (no lado oposto ao que é usado como padrão) uma entrada de luz maravilhosa e optamos por inverter a lógica de uso do salão, colocando a mesa do bolo num espaço que originalmente seria usado apenas como lounge, para termos a melhor luz do espaço reforçando ainda mais a idéia da base branca.
Estrelinhas foram distribuídas por todas as mesas da festa, inclusive na mesa do bolo.
Dá aquele toque de mágica e preenche visualmente, sem a necessidade de encher a mesa de boleiras e docinhos.
Respiro é importante e espaço negativo não é problema: é solução!

Além disso, a "constelação de unicórnio" marcou presença nos toppers de docinhos e nos pirulitos, por exemplo -que também fizeram as vezes de varinhas de condão.
 Ao optar por mobiliário branco com linhas discretas e simples na frente de um painel todo branco, a gente conseguiu trazer a mesma sensação de que os objetos estavam "flutuando" visualmente sem precisar recorrer ao uso do acrílico, que seria mais literal e menos prático para esse fim.
 Um ponto muito importante é que a gente já tinha o conceito muito bem amarrado, sabíamos que não queríamos um monte de unicórnios numa decoração caricata; as aniversariantes já estavam ambientadas com a narrativa e as ideias, então foi bem tranquilo usar elementos figurativos mais discretos e delicados, como esse mini unicórnio que mora dentro de uma maleta de arco-iris e dorme numa caminha de nuvem de tecido de algodão, fugindo de uma estética carregada e literal.

 Essa foto mostra um pouco melhor como a linguagem visual foi planejada: as linhas são enxutas e, nos casos onde a gente precisou usar objetos torneados, eles são discretos, não saltam tanto aos olhos e a cartela de cores tá bem alinhada e foi seguida à risca, mantendo os significados das cores como parte fundamental do projeto.
Fadas vivem em jardim, certo?
Sim, mas a gente não queria desvirtuar a estética da festa (que deveria ser beeeeem clean e não um jardim encantado), então eu banquei a florista e fiz arranjos florais bem enxutos e discretos...
A gente usou flores de papel nos toppers e em outros detalhes da papelaria na festa como um todo, assim, os temas não se sobrepuseram e não houve confusão visual.

 Uma das coisas mais legais presencialmente (que não aparece nas fotos) é que eu coloquei glitter holográfico em alguns elementos na decoração. Esse bolo, inclusive, era todo holográfico (Thais arrasando como sempre) e brilhava super porque tava bem perto da luz.
 Aqui, uma das minhas invenções ficam mais claras:
Eu queria uma base que lembrasse uma caixa branca, por isso, usei paineis brancos e completamos as laterais com balões brancos, trazendo unidade com o photo booth, que tava do outro lado do salão e, para manter a referência à leveza, estrelas brancas revestidas com glitter holográfico flutuando sobre a mesa, penduradas numa diagramação que fazia referência à constelação de Monoceros (eu já ensinei a fazer as estrelas flutuantes nesse tutorial aqui).

 Como os docinhos se encaixaram na lógica do tema: brigadeiros, pelas cores das forminhas; cookies, com silhuetas e formatos relacionados ao tema (fadas, unicórnios, nuvens holográficas); suspiros, pela textura e leveza; Além disso, os detalhes no acabamento e os toppers ajudaram a deixar o conceito mais "redondinho", juntamente com a escolha dos suportes.
 Nós criamos também um cantinho extra para colocar de forma organizada as sacolas das lembrancinhas e, para isso, tivemos que usar as paredes com aspecto mais rústico/natural do espaço.
O que posso dizer sobre esse tipo de solução é que tentar disfarçar é pior, porque você vai acabar chamando, de fato, a atenção para algo que não gostaria.
Como o conceito estava bem amarrado, a solução foi escolher móveis que trouxeram pontos de luz para essa parte "mais escura" em relação ao restante da festa e finalizar com papelaria de acordo com o tema.
 Como as crianças amam limonada rosa, a gente criou esse cantinho pra reproduzir uma ideia super antiguinha do pinteres: a "água de unicórnio";
Aproveitamos e usamos o espaço como apoio para deixar docinhos disponíveis para os convidados ao longo de toda a festa (eu sou contra doces intocáveis durante a festa. Essa "cultura" não faz sentido e precisa acabar, rs).





Bem, é isso...
Foram muitas fotos porque os cliques estavam todos tão impecáveis que tava difícil escolher.
Eu, que comecei o projeto com receio do desafio de trabalhar com um tema tão "batido" acabei amando tanto o resultado que já é uma das minhas festas favoritas porque conseguimos alcançar um resultado de muita leveza e harmonia.
Karine, Marcelo, Mama e Bibi: muito obrigado pela confiança no meu trabalho e por me permitirem conhecer um pouco da história de vocês para criarmos juntos essa festa tão linda.
Espero que ela faça parte da história da família como um momento mágico por muuuuito tempo!
Foi um prazer fazer um projeto tão especial.
Muito obrigado também a você que está passando por aqui para ver o resultado desse projeto.
A gente tá num contexto em que festejar está mais restrito, mas não é impossível.
Comemore a vida, não deixe nenhum momento especial, por menor que seja, passar.

Se você gostou do meu trabalho e tem interesse em contratar minha assessoria para uma festa no futuro, me mande um email para contato@blogdomath.com.br para receber a proposta comercial com os pacotes, valores e detalhes.
E caso você queira ajuda para formatar uma festinha em casa durante a quarentena, podemos fazer por chamada de vídeo, com um precinho mais do que especial ;)

Por fim, mas não menos importante, muito obrigado também aos parceiros queridos que ajudaram o projeto a se materializar:

Espaço e Buffet: Cerrado Kids
Mobiliário e acervo: A Garimpeira, Dona Festeira e Decorazón
Fotografia: Alba Apen e Milca Santos
Assistente: Carlos Garcez
Bolos: Thais Terra
Cookies: Renata Leite
Macarons: Nube
Suspiros: Suspiros Para Casar
Balões: Planet Balloon
Pink Lemonade: Sucopira
Pirulitos: Mundo Candee
Oficinas: Aloha

Por hoje é isso...
Bjs do Math e até a próxima!

Comentários