Entre as minhas resoluções para 2019, uma das prioridades é cuidar melhor da casa, porque é algo que eu amo e que me faz muito bem, mas no ano passado, totalmente tomado por trabalho, eu sequer consegui colocar as coisas realmente nos eixos depois da mudança... mas poucas coisas me fazem sentir melhor do que a casa arrumadinha e perfumada.

Eu tenho uma lista de cheirinhos que ajudam a deixar o clima da casa mais feliz e fresquinho e precisava muito compartilhar com vocês, principalmente depois de ver o quanto vocês ficaram curiosas sobre os meus incensos favoritos que mostrei no stories meses atrás, então, vamos lá...

Incensos


Eu "entrei para o mundo dos incensos" depois de visitar uma casa super linda, inspiradora e com cheirinho de canela que me deixou apaixonado e nunca mais parei, rs.

Durante muito tempo, eu associava mentalmente incenso a fumaça e a cheiros enjoativos que sentia ao passar por prateleiras de incenso nas lojas, onde milhares de cheiros se fundem e vira aquela bagunça no nariz da gente, mas aprendi um segredo que me ajudou a tirar essa zorra da cabeça: começar pelos incensos de ervas/especiarias, como canela, manjericão e alecrim.

Se você tem algum receio ou evita incenso por qualquer motivo aleatório, começar por canela, como eu fiz, é uma boa idéia, afinal, canela é um cheirinho quase universal.

Atualmente, meus favoritos são os de canela, mel, coco e baunilha (eu gosto muito dos incensos da HEM), além do incenso da Farm, que eu nunca consegui identificar exatamente do que é, mas é bem exótico, zero óbvio e estimula uma vibe diferentona no ambiente.

Hoje, uso incenso para deixar o ambiente leve, cheiroso e porque, do meu jeitinho (aleatório), acho que eles ajudam a energia a circular.
Além disso, é uma forma muito barata de deixar a casa com a nossa cara, já que uma casa com alma não é feita apenas de estética, mas principalmente por sensações, afinal, nada como cheiro de chá, bolo quentinho saindo do forno ou o tempero da sua comida favorita feita em casa, né...

Viu aí?
Todas essas coisas que eu listei são sensações e responsáveis por nos fazer sentir em casa, aliás, eu diria mais: nos fazem sentir que nossa casa é, de fato, um lar...
Por essas e outras é que eu amo perfumar roupas, toalhas e os ambientes, principalmente quando acordo e na hora de dormir.

Aromatizadores


Eu também sou apaixonado por aromatizadores, que eu prefiro chamar de cheirinhos.
Atualmente, temos 3 que não podem faltar aqui em casa e a gente vai intercalando, dependendo da vibe que a gente quer para o momento: o cheirinho da Farm, a essência botânica 002 do Ateliê Botânico e o aromatizador da So Cute, uma loja de roupas com estilo retrô/fofinho aqui de Brasília.

Eu adoraria entender melhor de cheiros para explicar como é cada um dos aromatizadores, afinal, a gente tá falando de algo que a tela não transmite, que é cheiro, mas vou ficar devendo uma explicação melhor, talvez para outra vida, rs.

De forma bem crua e basicona, o cheirinho da Farm, que eu suponho que seja conhecido pela maioria das pessoas que visitam o blog, é um misto de delicado/feminino/

A Essência Botânica 002 é super refrescante, com cheirinho de limão e de banho tomado...
Ele é feito à base de álcool de cereais e toda vez que a gente borrifa, sentimos uma leveza incrível.
Nível de crush: master!

O da So Cute é um fofo não óbvio.
Alguma nota no meio do caminho me deixa sempre feliz e curioso tentando descobrir "o que me faz lembrar" e é como se fosse uma nostalgia de algo que eu não vivi ainda.

Amo borrifar algum dos sprays no quarto na hora de dormir.
Uma amiga me ensinou uma vez a usar óleos essenciais no travesseiro, mas eu não me adaptei muito bem.
Alguém por aí já testou?

E algum outro jeitinho de deixar os ambientes perfumados... sugestões?

Bjs do Math e até a próxima...



Postar um comentário

Contact

Instagram

© BLOG DO MATH
Design by The Basic Page