Como tá a animação pro natal aí na sua casa?
Tudo em cima? Tudo lindo, brilhando e cheio de cor?

A vida adulta mostra pra gente que as vezes é muito difícil encontrar tempo para as coisas divertidas e prazerosas, como montar uma árvore em família e elaborar um calendário do advento fofinho.

Aqui pra mim tem sido tão corrido que eu sequer consegui colocar uma guirlanda na porta e o clima de natal está limitado a apenas dois cantinhos na sala. 

É importante entender e aceitar nossas limitações e aceitar que nem tudo é lindo como no feed do instagram daquela blogueira maravilhosa que mora em país onde neva e que tem uma árvore de dois metros na sala -e tá tudo bem.

Pra mim, tá ok não ter tido tempo de decorar tudo como eu gostaria no primeiro ano no ap novo (que sequer tá pronto, mesmo depois de quase um ano), mas eu também acho que a magia não pode morrer, então, mesmo que seja apenas no dia da ceia, a gente dá aquela caprichada!
E foi pensando nisso que eu elaborei uma lista com dicas práticas e rápidas pra você improvisar um natal mágico na sua casa para as pessoas queridas, mesmo que você não tenha tempo para planejar uma super decoração temática. 

Vambora?

1. BRINQUE COM AS CORES

Quer dar uma cara nova pra sua decoração ou para a mesa posta neste natal?
Repense a sua cartela de cores.
Uma dica legal é escolher uma das cores clássicas do natal por vez e combiná-la com outra cor não tão óbvia. Assim, você agrega personalidade à sua decoração e deixa tudo mais divertido.
Quer um bom exemplo? Nesta produção (aqui em baixo) feita anos atrás para uma revista, eu misturei vermelho, uma das cores essenciais do natal, com rosa em diferentes tons e o resultado foi um natal bem fancy, bem menininha, com vibes Kate Spade.

Para este ano, a cor tradicional escolhida foi o verde (em uma variação mais suave), que combinado com amarelo trouxe um visual bem vibrante (clique aqui para ver como ficou).
Uma boa dica é tentar mesclar uma tonalidade clássica do natal com a sua cor favorita na vida, afinal, deve ser a cor com mais itens perto de você, o que nos leva a dica seguinte...

2. RESSIGNIFIQUE COISAS DO DIA A DIA

Muita gente tem como argumento para não caprichar na decoração de natal o fato de que tem poucos itens natalinos em casa ou de ja ter enjoado dos que tem.
A boa notícia é que você consegue, sim, trazer o clima de natal para a sua casa usando as suas coisas do dia-a-dia.
E eu vou te contar um segredinho: vai ficar ainda mais mágico fazendo dessa forma, afinal, tudo vai ter a sua cara.

Eu já sugeri isso incontáveis vezes, mas nunca é demais repetir: dá uma voltinha por cada cômodo da sua casa, abra as portas dos armários e veja coisas que você usa pouco ou que espera por uma ocasião para utilizar. Mas não é só isso: vá além e pense em combinar coisas triviais da sua rotina de uma forma nova e fora do comum, transformando uma caneca esmaltada em um porta velas (eu já fiz isso aqui nesse link) ou um mini vaso para uma arranjo floral, por exemplo.

3. USE PAPEL (DE TODOS OS TIPOS POSSÍVEIS)


Dias atrás eu estava comentando no insta stories (já me segue no instagram? É @blogdomath) sobre como eu amo usar papel e papelão nos meus projetos.
E eu nem tô falando de papeis especiais e importados, viu...
Cartolina, papel de seda e papel pardo são súper fáceis de se encontrar por aí em qualquer papelaria simples de bairro e podem transformar sua decoração instantaneamente.

Não tem suportes elaborados para dar altura e compor uma mesa?
Revista caixas de papelão com cartolina colorida e seja feliz.
Quer um painel bonito para deixar o ambiente mais interessante? Corte formas geométricas simples (ou em forma de folhas, como eu ensinei nesse tutorial) e faça uma composição na parede.
Vai ser uma surpresa visual incrível e todo mundo vai amar.


Vale lembrar que o papel simples pode ganhar uma outra cara se você fizer uma customização usando tinta, adesivos ou fitas, por exemplo.
Quer algo ainda mais fácil? É só se jogar nos freebies aqui do blog. Tem um monte de kits de papelaria criados por mim que você pode usar pra deixar sua festa mais bonita.
Só não tem mesmo é desculpa pra não tentar, viu...

4. INVISTA NO QUE VAI TER USO DEPOIS DO NATAL

O motivo para eu não investir em objetos temáticos natalinos é que eu não tenho espaço para guardá-los depois que as festividades de fim de ano acabam.
Mas também tem aquele raciocínio básico: tô querendo muito um tapete novo pra minha sala, por exemplo...
Porque vou investir em algo que vai aparecer apenas alguns dias se posso guardar essa grana para algo mais prático e usável na minha rotina?

Óbvio que a magia do natal está também em acreditar e fazer pequenas loucurinhas e eu não tô aqui pra recriminar isso, pelo contrário, quero que mais gente acredite nessa magia para que a gente tenha sempre um fim de ano mais inspirador e afetivo, mas aqui o segundo tópico volta a fazer sentido: tendo que escolher entre um ou outro, invista em coisas práticas e usáveis no seu dia-a-dia e pense em como inserir estes itens dentro da lógica do natal ao invés de gastar com coisas temáticas que não farão tanto sentido ao longo do resto do ano.

Exemplo básico da tia: um copo americano simples, que não é temático de nada, pode ganhar cara de natal estando dentro da sua decoração, acompanhado de outros itens e/ou customizado com algum elemento que remeta ao natal.

5. PLANTAS SEMPRE SALVAM!


Plantas são sempre bem vidas e, nesta época do ano, pinheirinhos pequenos sempre estão a venda em floriculturas e mercados a um custo baixo.
O único problema é que eu sempre me apego e eles costumam morrer em poucas semanas, mas já que você economizou em vários outros aspectos, um pinheirinho não vai fazer mal a ninguém, rs.

O segredo é improvisar vasos bonitos, diferentes e com personalidade: vale colocar plantinha dentro de caneca, pintar o vaso feio da floricultura com spray ou transformar caixa de papelão revestida/colorida em cachepô.
Lembrando que o natal, assim como qualquer outra festa, não precisa ser óbvio, então, o pinheiro pode ser substituído por uma samambaia, uma bananeira ou um mini pé de abacaxi.
Tudo vai depender da sua personalidade e da sua coragem de colocar a cara no sol, hehehe.

DICA BÔNUS: DIY


Um resumo de tudo o que eu falei antes é ressignificar.
E ressignificar tem muito a ver com os projetos Faça Você Mesmo, onde a gente transforma materiais simples em coisas novas e úteis.

Acho que é essa capacidade de cuidar dos detalhes e reimaginar o simples que nos torna únicos e, se a gente fizer tudo com carinho, transparece, inspira e todo mundo fica feliz.

Eu fiz um post com um resumo de coisas que podem ser bons presentes de natal, tanto para os outros quanto para você e sua casa, então, que tal tentar algo que vai ser feito para o natal e vai ficar o resto do ano? Pra ver essa lista de projetos, é só clicar aqui.

Por hoje é só.
Gostou das dicas?
Então compartilha com aquela amiga ou aquela pessoa da sua família que tá meio desanimada com o natal, pra mostrar que não é impossível e que dá pra fazer muito com pouco.

E se tiver mais alguma dica, compartilha aqui que outras pessoas vão amar ler.

Bjs do Math e boas festas!


Postar um comentário

Contact

Instagram

© BLOG DO MATH
Design by The Basic Page