Das coisas loucas de Brasília: a eterna sensação de descobrir coisas novas escondidas entre uma quadra e outra...
Só quem mora aqui sabe como esse lugar consegue esconder coisas incríveis em cantinhos totalmente inusitados, assim como a Oni Uno, um ateliê de gelato artesanal que fica escondidinho na quadra 103, aqui no Sudoeste -escondidinho literalmente, tá? Essa lindeza fica no Subsolo e só os olhos mais atentos conseguem perceber sua existência se não estiverem resolvendo alguma coisa nesse "submundo" do bairro.
 Eu conheci a Oni Uno assim: tava passando perto (por cima e não pelo subsolo) e uma pitada de cores me chamou a atenção de longe; uma amiga que estava comigo explicou que era novidade por aqui, daí a gente passou para eu conhecer e acabei descobrindo um dos meus cantinhos favoritos das redondezas.

Além do ambiente super aconchegante e descoladinho -com piso de madeira, cadeiras coloridas e um banco de concreto com futons-, o lugar é Pet Friendly, no melhor e mais amplo sentido: além de aceitar a presença de pets (que são muito bem recebidos com aguinha para refrescar), tem opções para catioro no cardápio.
São 3 sabores de picolés que o Sushi já experimentou e aprovou (o favorito dele é o de iogurte)!
Outra coisa super legal da Oni Uno é que os sabores variam e sempre tem novidade. Sander adorou os sabores e as texturas -e olha que ele não é muito de reparar nessas coisas, viu?
Inclusive, ele comentou que amou o ambiente também. E quando ele comenta esse tipo de coisa, eu preciso colocar em evidência, porque ele realmente não se atenta para esse tipo de detalhe, o que significa que a experiência realmente é bem marcante -nesse caso, positivamente.
Aliás, uma coisa que tem o poder de marcar positiva ou negativamente a experiência em um local é - sem dúvidas- o atendimento e, nesse critério, a Oni Uno também ganha vários pontinhos. A Vanessa, que é dona dessa gracinha de lugar, tá sempre por lá e é muito atenciosa, mas já estive lá em momentos que ela não estava presente e o atendimento foi super agradável também!
Sobre os sabores: eu já provei vários e, como sempre, acabo optando pelos azedinhos ou os menos doces -vai depender do que tiver no dia, mas é possível experimentar antes de escolher.
Detalhe: os gelatos (pode chamar de sorvete? Eu adoro a palavra sorvete, haha) são feitos no dia com frutas frescas e existem opções feitas a base de leite, veganos (que também atendem quem tem intolerância a lactose) e usando adoçantes naturais.
São quatro tamanhos de copinhos, com até 3 sabores, variando entre R$6 e R$14, mas também existe a possibilidade de levar num isopor fofinho pra casa.

Eu já falei das cores mas vou falar de novo, agora focando na identidade visual: os copinhos, os guardanapos e toda a sinalização da loja é feita com fontes e ícones moderninhos e cores bem vibrantes, bem verãozinho, do jeito que a gente adora.
Esse tipo de detalhe sempre chama muito a minha atenção de cara por motivos óbvios e eu não consigo evitar -é mais forte eu reparar em cada cantinho sempre que vou a um lugar novo.
 Dei um google básico aqui e descobri que todo o projeto foi de uma agência também daqui da cidade, a Avocado Design. Parabéns aos envolvidos! <3

Só pra reforçar: esse post não é um publi e eu estou indicando a Oni Uno por razões muito simples e pessoais: me sinto muito feliz ao saber que existem lugares lindos, inspiradores e acolhedores na minha cidade, principalmente aqui, pertinho de mim, ao lado da minha casa e quando faço esse tipo de descoberta, faço questão de compartilhar para ajudar, à  minha maneira, que o lugar tenha vida longa.
Obviamente, vocês podem confiar em todo um nível de exigência de um taurino enjoado de forma imparcial, tá?

E caso você tenha gostado do post e queira conhecer, a Oni Uno fica no Bloco B da quadra 103 do Sudoeste, no edifício Rhodes Center, no pátio do Subsolo e funciona de terça a domingo, entre 12h e 20h. Quem sabe a gente se encontra por lá...

P.s.: Sander pediu para indicar a combinação de doce de leite e canela. Segundo ele, fica parecendo churros (faz sentido! Hehe)
E eu indico fortemente o de abóbora. Juro que é maravilhoso -e eu nem gosto de abóbora, tá?

Bjs do Math e até a próxima!

Postar um comentário

Contact

Instagram

© Blog do Math
Design by The Basic Page