Procurando por referências para a produção de carnaval do blog semanas atrás, descobri no Pinterest (já me segue lá? Veja meus boards aqui) as ilustras da Laura Callaghan, uma ilustradora irlandesa -vivendo atualmente em Londres- que usa aquarela, marcadores e nanquim para desenhar suas garotas, que parecem ter saído de um clipe da Neon Jungle (minha girlband flopada favorita) ou de uma loja da Opening Ceremony.

Entre as características que mais me encantaram nas ilustras da Laura, está a forma como ela se "apropria" da moda em seu trabalho e reforça uma das principais funções da indumentária, que é a de servir como forma de expressão dentro dos grupos sociais.
E não precisa fazer muito esforço para notar que suas personagens são adeptas de um estilo meio kitsch, meio 1990's -que fica claro através do (ousado) senso de styling de Laura, traduzido através do seu traço.
Mais do que referência a uma época, acho que o grande lance de suas ilustras é captar o espírito do tempo, segundo a visão das jovens urbanas que estão constantemente buscando o novo.
 Outra coisa que me chamou a atenção no trabalho da Laura é que, apesar de sempre ter tons de rosa permeando as ilustras, suas meninas são sempre meio blasé, zero fofas e em determinados momentos, até agressivas. Talvez seja uma representação de como vivem as garotas nos dias de hoje: unidas, cada vez menos dispostas a aceitar imposições e buscando encontrar sua voz ativa no mundo contemporâneo.


Apesar da força quase agressiva representada em algumas de suas ilustrações, eu ainda consigo ver algo fofo no trabalho de Laura, seja na (ampla) cartela de cores, seja nos detalhes escondidos em sua atmosfera kitsch.


Combina com:
Mø, a exótica diferentona e transgressora no começo da carreira
 e Aluna George


Talvez algumas pessoas estranhem eu indicar aqui no blog uma ilustradora cujo resultado do trabalho não seja algo tão fofo (pelo menos de forma literal e óbvia), mas aí eu bato na mesma tecla de sempre: a gente precisa abrir a mente e expandir os nossos horizontes. Vamos nos permitir experimentar o novo, sem medo?

E aí, quem curtiu o trabalho da Laura? Quantos likes essa maravilhosa merece? Hehehe.

Bjs do Math e até a próxima!

Postar um comentário

Contact

Instagram

© Blog do Math
Design by The Basic Page