roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa
É impressionante a força que certas coisas podem ter na nossa vida, né? As vezes, um cheiro, um som ou uma textura fazem a gente lembrar de forma muito intensa algo que a gente viveu ou sonhou e a  minha relação com Notting Hill tem um pouco disso com o filme, que eu assisti quando era criança...
Há muito tempo eu não via o filme, mas chegar ali no meio daquelas ruas com uma vibe solar diferente de todo o resto de Londres me trouxe imediatamente uma sensação de leveza que o filme me trazia...

Na minha cabeça, Notting Hill sempre vai estar associado a algo delicado e feliz e, apesar de termos feito uma passagem muito rápida pela minha parte favorita de Londres, valeu muito e deixou aquele desejo intenso de "quero mais"...
roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa
Apesar de nossa passagem por Notting Hill ter sido bem rápida, deu pra confirmar que o bairro realmente é uma parte muito especial de Londres, com uma energia incrível e consegui capturar várias imagens fofas pra eu ficar olhando quando bater a saudade...
roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa
Chegamos por uma rua onde já se podia ver fachadas com portinhas coloridas, mas foi ao chegar perto da Portobello Road que a gente teve certeza de estar realmente em Notting Hill.

Fomos em um dia da semana em que não acontece a tradicional feira de antiguidades na Rua (mesmo sabendo que ela é super famosa e parte importante do turismo que acontece ali, queríamos fugir do tumulto), mas ela já estava sendo montada e, apesar de não estar caótico, já tinha algumas barraquinhas com produtos expostos.
Talvez, eu outro momento da vida, eu tivesse pirado, porque tinha bastante coisas antiguinhas, mas eu tava muito mais focado em trazer coisas novas e contemporâneas na bagagem, então, não garimpei nada...

Além das barraquinhas, existem vários antiquários na rua que forma quase um arco-iris em tons de algodão doce.
Se você tiver tempo e bufunfa, vale dar uma parada nas lojinhas para gastar suas libras em peças de roupa, objetos de decor, discos, câmeras e tantas outras coisas antigas que se encontram por ali...
roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa

roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa
 Como nem tudo são flores, eu tive uma experiência bem chatinha que me deixou um pouco broxado em certa parte do passeio e vou compartilhar aqui apenas para evitar que outras pessoas se sintam da mesma forma: quando estava passando pelas barracas da feira na Portobello Road, notei que algumas barracas tinham plaquinhas pedindo para não fotografar e, obviamente, respeitava cada uma delas, mas como queria muito fazer registros, continuei clicando e filmando as coisas que achei interessante e que não estavam sinalizadas, até que, em uma das barracas, um velho bem mal humorado (ele tinha uma cara de poucos amigos e uma expressão muito amargurada, PLMDDS) empurrou a minha câmera contra o meu rosto em um gesto bem agressivo e mal educado, que já me desperta uma sensação ruim só de lembrar.

Me senti ao mesmo tempo invadido e agredido em um momento que deveria  ser lembrado apenas como algo bom, mas ok, vida que segue... dei um jeito de logo sair dali para não ficar com aquele ranço entalado e fomos caminhar por outro lado da cidade até sairmos do bairro.

Não fez muito sentido pra mim por se tratar de uma das ruas mais famosas do mundo em bairro totalmente turístico -numa circustância assim, é óbvio que vai ter gente querendo fotografar, meu anjo!
Tá ok não querer que fotografe ou registre, mas se você não se deu ao trabalho de colocar uma plaquinha notificando, acho que antes de partir para um contato físico, seria legal apenas avisar que não é permitido, né?

Não sei também se isso é cultural das pessoas ali e não quis pesquisar sobre porque realmente não gosto de lembrar desse episódio, mas achei importante avisar para que ninguém tenha uma parte do seu passeio estragado como eu tive por algo que pode ser evitado.
Fotografe o que quiser (dentro do permitido), mas com cautela...

roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa

roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa
Não ficamos um dia inteiro por lá, então não explorei tanto o bairro, logo, não tenho muitas dicas a dar além de: vai com uma boa margem de tempo, se joga e aproveita cada centímetro sem pressa.

Eu passei por lá com essa vibe, de aproveitar o que pudesse enquanto houvesse tempo; com isso, acabei descobrindo casinhas maravilhosas escondidas e eis que, tentando localizar a rua onde ficava um dos meus conjuntos de casinha favorito pra compartilhar com vocês, descobri uma curiosidade maravilhosa sobre a história das casinhas coloridas de Notting Hill...
roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa

roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa
Se eu estava sorrindo ou dormindo, vocês nunca saberão... Hahaharoteiro viagem ferias o que fazer em londres europa
Por trás das ruas principais de Notting Hill, existem bequinhos/travessas com ruas de paralelepípedo onde estão as casinhas mais fofas e charmosas da vida, cada uma com sua personalidade e um detalhe que cativa a gente a ponto de a gente querer abraçar cada uma delas. É meio que uma sensação de estar num cenário de filme mesmo, sabe?

O que eu não sabia é que esses conjuntos de casinhas fofas tem nome: eles são chamados de mews, que em tradução livre seria o mesmo que estábulo ou estrebaria.
Isso mesmo: a gente tá falando de coisa de cavalo, rs.
roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa
 Antes de existirem os carros, essas pequenas ruas escondidas (elas são literalmente escondidas e após essa descoberta, muita coisa faz sentido pra mim) serviam como estábulos e/ou para guardar carruagens... até que os cavalos "se mudaram" e as casinhas começaram a ter outra utilidade, foram ganhando cara nova e hoje são lugares super cobiçados para se viver.

Geralmente, para encontrar as casinhas mais fofas, você vai precisar passar por um primeiro beco mais sóbrio, virar em algum momento seguindo o fluxo da rua (que é sem saída) e... tcharaaam!
A foto ali da rua com casinhas brancas ali em cima mostra um beco que saía de uma rua principal... achei ele bonitinho assim, todo branco e fui entrando até que virei e me deparei com um conjunto de casinhas coloridas lá no final dele, entre elas, essa rosa da foto acima

roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa

roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa
 Apenas para explicar: mews são característicos de toda a cidade e não apenas de Notting Hill, tá? Mas com certeza lá tem alguns dos conjuntos mais fofos entre todos...
Chelsea, um outro bairro bem legal da cidade, tem vários mews fofíssimos também e eu dei uma olhada bem rápida no dia em que fomos ao Farm Girl e ao cinema por lá.
roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa

roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa
 Uma coisa importante sobre mews: essas áreas são basicamente resideinciais, então, é muito importante ter atenção e tato em relação à privacidade das pessoas...

Enquanto eu clicava as casinhas da foto aí em cima, um dos moradores chegou, passou por mim e foi bem simpático, inclusive... como eu tinha passado pelo episódio constrangedor há não muito tempo, fiquei com receio de um contato agressivo mas felizmente esse moço tava de bom humor e não tinha cara de poucos amigos.

A dica é aproveitar o passeio para apreciar mesmo o lugar e não tirar milhões de fotos. Curtiu um cantinho? Pense no enquadramento ideal, tire algumas fotos e tchau.
Pense que se fosse sua casa, talvez você achasse estranho um desconhecido clicando cada detalhe por incontáveis minutos na frente da sua porta, né non?
roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa
Apesar de não ter parado para comer em Notting Hill, a gente passou pelo Farm Girl, que é uma gracinha, mas super pequeno e tá sempre lotado (são poucas mesas no fim desse pequeno corredor em meio a paredes de tijolinhos brancos e muitas plantinhas penduradas em uma atmosfera bem delicada
Existem outras unidades do Farm Girl pela cidade e todas tem seu charme particular, mas o mais fofo de todos é esse -não à toa, também o mais concorrido.
roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa
Minha conexão com Notting Hill se deu de uma forma tão incrível que eu não conseguiria descrever aqui, mas tentei pontuar o que mais gostei de descobrir nesse bairro que, sem dúvida, foi um dos pontos altos da viagem e meu lugar favorito em Londres -e um dos principais motivos para eu querer voltar (e ficar hospedado ali, quem sabe).
roteiro viagem ferias o que fazer em londres europa

E você? Já conhece Notting Hill? Tem mais alguma dica legal sobre esse bairro maravilhoso? Algum cantinho, café ou coisa especial pra indicar? Ficou com alguma dúvida?

A caixinha de comentários tá à disposição pra gente trocar idéias, tá?

Conhece alguém que tá organizando uma viagem e/ou gostaria de ler esse post?
Compartilha com ela e não esquece de salvar nas suas pastas no Pinterest também ;)


Bjs do Math e até a próxima!

Postar um comentário

Contact

Instagram

© BLOG DO MATH
Design by The Basic Page