Math

31 anos, artista visual nascido no Piauí -com alma Brasiliense-, criando conteúdo para a internet hà 9 anos e ajudando pessoas a trasformarem vivências em pequenas experiências e instantes de cor, brilho e amor.

@blogdomath

Tutorial Carnaval: Colete de Franjas

Bora encerrar os tutoriais de carnaval desse ano com chave de ouro?
Hoje tem o meu favorito da temporada: o colete de franjas metalizadas inspirado no trabalho maravilhoso da Rachel Burke.

Ele é bem mais fácil de fazer do que parece, custou super barato (gastei apenas o equivalente a R$30) e você só vai precisar de um pouco de paciência para transformar uma cortina metalizada em várias franjas pequenas, mas dá pra fazer isso enquanto maratona sua série favorita no netflix ou assistindo os clipes mais legais das músicas de carnaval do ano, garanto que vai ser divertido e vai valer a pena!


Quando eu usei as cortinas de franjas no ano passado, tinha certeza que elas apareceriam aqui novamente com muitas outras utilidades e poder ressignificar algo que já foi usado, transformando em algo novo assim é maravilhoso.

Eu acho, inclusive, que em 2019, esse tipo de peça talvez não apareça tanto por ser algo novo e parecer complexo de fazer, mas ouso dizer que quem usar agora vai estar um pouco à frente de seu tempo porque com certeza, em 2020 só vai dar franjas brilhosas, hahaha.

Transformar uma única cortina em vários pedaços menores é, além de uma forma de economizar dinheiros, um jeitinho reduzir a quantidade de plástico jogada no lixo.

Dicas importantes para a execução do seu colete: fazer o decote em "V", como eu mostro no vídeo, é fundamental para que ele tenha um bom caimento e o corte tem que ir das extremidades da gola na frente da camiseta até a barra, pois assim você evita que sobre pontas que vão ficar se "dobrando" para a frente e mostrando o avesso da peça quando estiver em uso.

Colocar sempre uma pontinha das franjas dobradas e coladas na parte interna da camiseta vai deixar o seu acabamento mais bonito, sem sobras aparecendo.
Nas cavas das mangas, acho legal colocar um pouco mais de franjinhas, diminuindo o espaço entre elas, para um acabamento mais bonito.

Uma outra coisa que pode deixar dúvidas é como fazer com as extremidades para não ficar grosseiro e a resposta está nas dicas anteriores: deixe sempre uma pontinha da frente dobrada pra dentro na barra, no decote e nas cavas.

O melhor jeito de conseguir um bom acabamento é começar sempre pelas extremidades, de fora pra dentro e de baixo pra cima, inclusive nas mangas.

Na gola, o ideal é finalizar sem dobrar, para o plástico não ter contato direto com a pele.
E por falar em pele, evite deixar franjas muito longas, pois quanto maiores, mais elas vão grudar no seu corpo quando entrarem em contato com o suor.

Nas mangas, eu colei franjas na borda, de forma que elas caiam e cubram uma parte do braço e para manter um movimento mais natural, eu coloquei também algumas na diagonal próximas da gola, assim, não fica uma marcação grosseira nessa parte que tá bem próxima do rosto.
Vou mostrar melhor nos stories e deixar salvo nos destaques de DIY, tá?

Espero que o vídeo tenha sido claro o suficiente, mas, caso contrário, eu tô à disposição para tirar dúvidas de vocês aqui, no canal ou no instagram, beleza?

O nosso especial ainda não acabou oficialmente, porque ainda tem um freebie pela frente, mas esse é o último tutorial da vez e eu espero ver muita gente se divertindo e se inspirando no nosso carnaval.

Se você gostou da ideia, não deixe de compartilhar com alguém que você sabe que adora carnaval, salvar o post nas suas pastas no Pinterest e, se fizer algum dos tutoriais, não deixe de postar nas redes com a nossa #FAZAIBONITA e me marcar, que eu vou postar nos meus stories, beleza?

Por hoje é só, manas.

Bjs do Math, bom carnaval e até a próxima!

UPDATE (13/02/2020):
Um ano depois, nosso editorial de carnaval do ano passado tá bombando mais do que nunca e, algumas das coisas que eu vi como apostas se materializaram com força agora em 2020.
Muita gente nova chegou por conta dos tutoriais e, naturalmente, surgiram algumas dúvidas.
Juntei as perguntas mais frequentes e organizei aqui em baixo, para ajudar quem não entendeu muito bem alguma das etapas.

Como eu fiz o acabamento da peça?
Já respondi essa pergunta no corpo do post, mas sendo mais detalhista: a dica é sempre dobrar as pontas das franjas pro lado de dentro da peça e colar com um pouquinho de cola quente.
A lógica é a mesma em todas as "bordas" da peça, inclusive na parte das axilas.
A excessão é só na parte do pescoço: ali, eu colei as partes das franjas que estavam mais bonitinhas e inteiras, de preferência, sem durex aparente.
Se você quiser um acabamento diferente, pode tentar colar por cima das sobrinhas de franja na parte interna uma fita de cetim, gorgorão ou veludo.

Quantas cortinas eu usei para o colete?
Eu reaproveitei pedaços de cortinas que eu já havia utilizado antes, então, é difícil dizer exatamente quantas cortinas (até porque existem cortinas com medidas diferentes).
Mas acho que com duas cortinas (das grandes), você consegue fazer uma peça de tamanho parecido.
Na dúvida, compre uma a mais. Se não usar pra fazer fantasia, serve pra decorar alguma festa depois.

Esse material mancha a pele...
Sim, existem cortinas de plástico metalizado (metalóide) que mancha a pele, mas não é algo que vai ficar pra sempre e também não são todas as franjas que tem esse problema, tá?
O material que eu usei aqui, felizmente não manchou nada.
A gente fez as fotos do editorial, depois eu emprestei o colete para amigas e eu mesmo cheguei a usar umas duas vezes e não tive problema com manchas.
Como tudo na vida, a gente tem diferentes opções de material, qualidade, valores etc.
Infelizmente, não tem como saber a olho nu se a que você vai usar mancha ou não.
Uma dica é que, se for muito barato, provavelmente, vai ser da que mancha, sim.
Eu comprei uma mais baratex e usei no editorial desse ano e tive esse problema pela primeira vez.
Se você quiser fazer algo que acha que vai usar mais de uma vez, talvez valha o investimento num material melhor ;)
Você pode tentar puxar uma pontinha da embalagem e fazer atrito com os dedos, pressionando com um pouco de força. Vai dar pra ter uma noção da qualidade do material ;)


Comentários