cfw verao 2013
 É inevitável começar este post sem um pedido de desculpas pelo atraso!
A justificativa para isso é que trabalhei com a estilista Fernanda Ferrugem, contribuindo para a realização do desfile. O dia "D" foi se aproximando, e claro, a agenda fugiu um pouco do nosso controle. Mas aos pouquinhos tudo vai se ajeitando...
O fato é que estou super feliz por ter participado do processo, e o importante é que mesmo com o atraso, o nosso resumão está aqui para quem gosta de acompanhar as notícias com a gente!

O quer rolou:

Durante os três dias de desfile, vimos muitas cores, brilho, tecidos e estampas que aliados ao talento de nossos estilistas, virou moda e arte.
O resumo de tudo isso você vê a seguir:

 Dia 1:
No primeiro dia, a tradicional passarela foi substituida pelas escadas rolantes da praça central do shopping, deixando a atmosfera dos desfiles mais urbana.
Márcia Lima abriu o evento com a premiação dos novos talentos, e logo em seguida, foi a vez dos desfiles.
A O.Sorio abriu o line up trazendo uma mistura impecável de esporte e alfaiataria. As cores eleitas pela estilista foram azul, acqua (<3) e coral. Prints florais deram o ar da graça em alguns dos tênis e  camisas. Bermudas substituíram calças na tradicional combinação com o blazer. Beleza pura!
A Confraria, marca de bolsas e sapatos trouxe uma cartela de cores super fresh e investiu também em fibras naturais. O momento sensação do desfile foi a entrada dos biquínis de jujuba (beijo, Victoria's Secret!).

cfw verao 2013
 O segundo dia foi bem movimentado e contou com a participação da marca japonesa Matohu, que fez a sua estréia no Brasil.

Hudson Lucas:
A coleção entitulada "Os Filhos das Estrelas" foi inspirada no caos e trouxe tecidos metalizados e modelagem sporty (lindo de se ver!).
Decotes profundos para um homem sexy e moderno marcam a coleção que tem um forte apelo comercial.
A grande novidade foram os looks femininos, nunca antes desfilados pela marca.
Já queremos tudo!

Matohu:
Em sua estréia no Brasil, a Matohu trouxe um mix do inverno e do verão da marca, para mostrar aos brasileiros um pouco de seu DNA. Sóbrio, clean e casual, o desfile trouxe sobreposições que deixam clara a leveza das peças.
Bem vinda, Matohu!

Sandra Lima:
Puro conceito! Sandra trouxe uma coleção que provavelmente não despertou nas pessoas o desejo de consumo, mas fez todos refletirem sobre a importância da prevenção ao câncer de mama.

Luciana Machado | Casa Moda Deluxe:
A estilista trouxe shorts bem curtos (quase hot pants), vestidos com franjas e casaquinhos com toques metalizados.
Muito fala-se sobre a escolha de tecidos da estilista, que deixa o look com uma cara pesada.
Apesar de algumas falhas no styling, o desfile foi um dos mais agradáveis ao meu olhar.

 
 
Dia 3:
O terceiro dia de desfiles foi bem cheio e trouxe os novatos Lubia e Rafael, mostrarando seus talentos.

Lubia de Luca:
A talentosa e criativa Lubia duCa tem uma linda história que merece ser contada: foi a uma das eleitas no Novos Talentos do CFW, e criou um blog para arrecadar dinheiro, o que permitiria tornar a coleção em realidade (veja o blog AQUI).
A coleção da moça trouxe o universo mítico das sereias para a passarela, com muitas pérolas e conchinhas.  Telas que remetem à redes de pesca e tecidos leves ilustram o universo marinho.
O desfile foi super emocionante e um dos únicos com cenário.

Rafael Siqueira:
Rafael também é novo no line up e trouxe o nordeste para a passarela.
A coleção entitulada "Pintura Nordestina" conta com tecidos como tafetá de seda e renda da paraíba.
Rafael trouxe um desfile bem teatral e prestou uma homenagem ao centenário de Luiz Gonzaga através da trilha sonora do desfile.

Murade:
Modernidade e sofisticação definem a forma como Eliana Murargy apresentou sua nova coleção à mulher brasiliense.
Um dos desfiles mais aguardados da semana trouxe um mix de peças fluidas e sofisticadas com elementos sporty, muita sensualidade e um styling incontestável.
O resultado? Uma coleção desejo!
Destaque total para as maxi tachas e a transparência usada de forma muito inteligente pela estilista.
Luxo e poder!

Auá:
A Auá tomou a natureza como ponto de partida para sua nova coleção e trouxe estampas dignas de olhares atenciosos nos vestidos, shorts e blusas.
Boa parte das peças conta com uma modelagem bem ampla, a cara do conforto!
Transparências também tiveram seu lugarzinho reservado, trazendo um toque sensual às peças.

Ferrugem:
Fernanda Ferrugem fechou o line up com chave de ouro.
Em sua homenagem a Angola, Fernanda fez todos baterem o pezinho enquanto assistiam atenciosos a profusão de cores apresentada pela estilista.
Ao som do kuduro, Fernanda trouxe muitas cangas, flores, franjas e materiais metalizados para a passarela.
O styling ficou por conta de Raoni Vieira, e ao fim do desfile, ouvia-se o burburinho de que havia sido o melhor da semana!
Sucesso, Fê!!!
Adorei participar do processo e contribuir com tudo isso!

Como são muitas fotos pra editar, essa semana tem outro post com os cliques do backstage e de outros outros detalhes, ok?

Mas e aí, o que vocês acharam?
Conta pra gente!



Postar um comentário

Contact

Instagram

© BLOG DO MATH
Design by The Basic Page