Como faz quando a gente tem uma ideia super incrível mas parece que nada colabora para que ela se torne realidade? A gente pode sentar e lamentar ou dar uma volta, olhar ao redor com muita perspicácia e ressignificar coisas...
Foi exatamente isso que eu fiz anos atrás, quando estava fazendo uma festa e queria um painel leve e em camadas atras da mesa, mas não poderia por uma questão de espaço e por uma lacuna de mercado, já que ninguém tinha painel que me permitisse executar o que eu havia imaginado, o que me obrigou a encontrar uma solução inusitada, e foi assim que o papel pluma (ou foam) entrou para os meus projetos como uma ótima solução para esse tipo de "problema".

Primeiro, ele serviu de painel para a festa do sorvete, depois cobriu uma parede de "pedras" em outra festa e, agora, trouxe a leveza ideal para representar o solstício de inverno na nossa primeira produção de festas juninas.
Se você é uma das pessoas que esperou pacientemente por esse tutorial, é só clicar aqui em baixo, ó:



Dicas e fatos sobre o pluma:

Primeiramente, ele não é o material mais barato de todos.
Se você tiver em mente algo muito grande com pluma, vai ter um custo um pouco elevado, mas nada mais caro do que aluguel de um painel+frete, por exemplo -tô pegando como parâmetro o painel feito de fitas de papel crepom do nosso editorial de fim de ano, que é algo lindo e super baratex, tá?

Existem dois tipos de pluma (que eu conheço), com variações de espessura: o comum e o revestido com papel, que geralmente custa bem mais caro e que eu nunca usei, porque é bem tranquilo revestir com papel usando fita dupla face, mas a superfície do pluma é plana o suficiente para resolver a questão da cor com tinta ou vinil, então eu acho que dá pra economizar comprando sempre a versão mais barata.

Para manuseio/corte, use sempre estilete com lâminas mais afiadas possível, pois o pluma é bem sensível e lâminas cegas deixam "rasgos" que prejudicam o acabamento.
Mas não se preocupe: se isso acontecer, é só passar uma lixa fica que tá tudo resolvido!

Sobre os ganchinhos que usei para manter o painel suspenso: você encontra esse tipo de item em lojas de utilidades como Multicoisas e Leroy. Eu recomendo uma versão não muito pequena e o mais fechadinho possível para evitar que o nó com o fio de nylon fique soltando -afinal, nylon já é um material meio difícil de trabalhar porque ele parece ter vida própria e isso fica ainda mais evidente se você estiver usando para fixar algo no teto.
Talvez seja meio óbvio, mas vou reforçar para otimizar o tempo e facilitar a vida de todo mundo: se você colocar apenas um ganchinho em cada peça do seu painel, ele vai ficar girando. Se a idéia é manter tudo alinhado, posicione pelo menos um gancho em cada extremidade, dependendo da forma que você estiver utilizando (para fixar a estrela, por exemplo, eu tive que usar trê: já que a ponta de cima sempre pende para baixo e eu queria que ela ficasse retinha, adicionei um gancho no meio que manteve tudo nos eixos).

Por fim, mas não menos importante, o pluma é um tipo de isopor, então a gente tem que lembrar que é um material que não deve ser usado e descartado de forma inconsequente, viu...
Pra vocês terem ideia de como eu uso: a chapa de pluma que serviu para fazer o painel do editorial de festas juninas é uma das que usei na festa de sorvete há mais de dois anos -e nesse meio tempo, ela serviu para várias outras coisas.
Eu gosto de guardar as sobras pequenas pois elas podem servir para outros pequenos projetos, porque eu tenho muita agonia de desperdício, tanto pela grana quanto pela consciência ecológica.

Curtiu o post e as dicas?
Então bora ajudar a tia: passa o post adiante, compartilha com alguém no WhatsApp ou nas redes sociais, salva ele nas suas pastas no pinterest e o mais importante: se fizer a sua versão, compartilha com a gente usando a #FAZAIBONITA e me marcando no insta, que eu compartilho com as manas nos stories e salvo nos destaques no meu perfil. Nossa galeria de DIY das migas tá linda de viver. Morro de orgulho!

Por hoje é isso, manas.

Bjs do Math e até a próxima...

Postar um comentário

Contact

Instagram

© BLOG DO MATH
Design by The Basic Page